Em Honduras o PEPE é um oásis fazendo a diferença na vida de muitas crianças. Os missionários-educadores, com muito amor e dedicação, guiam as crianças dando a elas um cuidado integral. Ensinam também a amar e honrar o país assim como fizeram com as crianças do PEPE Eleonora Valle, em Intubicá, que saíram pelas ruas com suas bandeiras, roupas típicas, tocando tambores e marchando felizes celebrando o dia da independência. A alegria foi grande porque nesse mesmo dia puderam festejar o dia das crianças, recebendo dos seus missionários-educadores uma linda festa com presentes, jogos e um delicioso lanche.

Diante do cenário que vivemos a nível mundial, podemos encontrar milhares de crianças vítimas de violência, abuso, exploração e abandono. Segundo a UNICEF, 3 de cada 5 crianças que perderam o ano escolar no mundo nesse tempo de pandemia, vivem na América Latina e na região caribenha. Ainda segundo a ONU, pelo menos 40 milhões de crianças em todo o mundo perderam o ensino pré-escolar, que é tão importante para que elas continuem seus estudos com sucesso.

Honduras, um lindo país da América central, tem um pouco mais de 9 milhões habitantes, sendo que 66% (6 milhões) vivem na pobreza e deles, 45% na pobreza extrema, vivendo com menos de 1 dólar por dia, incluindo nessa cifra milhares de crianças. É também o segundo maior país em extensão, mas com uma economia pouco desenvolvida, o que o leva a ser um dos mais pobres do continente americano.

O grande missionário Paulo recomendou a Timóteo: “...orem pelos que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida pacífica e tranquila, caracterizada por devoção e dignidade.” (1 Timóteo 2:1,2). E é justamente isso que ensinamos no PEPE: a orar pelo país para que entendam que somente em Deus podem ter paz.

Orem por Honduras, pela equipe do PEPE e pela nossa coordenadora do PEPE, Alejandra Milla. Que o PEPE continue crescendo para mudar hoje muitas vidas que no futuro farão a diferença no país.

Carmen Ligia
Coordenadora continental PEPE Américas