O PEPE Surdos do Senegal – Ephata é um projeto que tem oportunizado uma educação pré-escolar de qualidade de forma holística. Essa ação de Missões Mundiais é resultado do trabalho do casal missionário Walter e Alzira, que já atuava com surdos. Vendo a necessidade de incluir as crianças, foi feito um trabalho de sensibilização com as famílias que timidamente foram aderindo ao projeto.

A educação inclusiva ou educação especial ainda não é uma realidade no país. Além da falta de escolas que atendam a esta necessidade, ainda existem outras barreiras culturais que deixam os meninos e meninas surdos excluídos do sistema educacional.

A falta de recursos econômicos é um impedimento para as famílias enviarem seus filhos para as poucas escolas existentes que se concentram na capital Dacar. A cosmovisão religiosa também é um bloqueio. Muitos senegaleses acreditam que a surdez é uma maldição ou castigo resultado do pecado dos pais.

Além disso, existe uma crença de que a criança surda não é capaz de aprender. Como se tudo isso não bastasse, essas crianças também sofrem toda sorte de violência. Para tentar protegê-las, os pais as deixam escondidas em casa, pois, uma criança surda pode sofrer insultos e até mesmo agressões físicas na rua.

No PEPE, essas crianças têm encontrado um lugar de esperança e respeito. Com um ensino adaptado às suas necessidades, alguns objetivos têm sido alcançados. Entre eles, a desmistificação de que crianças surdas não são capazes de aprender; e a melhoria na autoestima desses meninos e meninas. Também no programa socieducativo, as crianças surdas têm a oportunidade de aprender a linguagem de sinais, o que facilita a sua comunicação. Apesar das adaptações no ensino, elas seguem o programa como qualquer outra criança de sua faixa etária.

No PEPE há um atendimento diferenciado no cuidado com a criança, pois elas são vistas como um ser integral. Assim, não são somente as competências cognitivas que são trabalhadas, mas também as competências socioemocionais. De igual forma, a espiritualidade é desenvolvida, através de histórias bíblicas contadas cronologicamente e do testemunho pessoal dos missionários-educadores. Também, as crianças passam pela escovação dental diariamente e recebem orientações sobre saúde bucal através do POPE – Programa de Odontologia Preventiva e Educativa.

Cuidado e inclusão ensinam a estas crianças o quanto Deus as ama e tem um mundo de oportunidades para elas, longe de qualquer limitação.

Obrigado a todos os irmãos em Cristo que já fazem parte do PEPE Surdos do Senegal – Ephata com suas orações e ofertas. Vocês têm sido a voz de Deus que ajuda a transformar a vida desses pequeninos.

José Ricardo Nascimento
Coordenação Continental PEPE África