Moun zekh! Assim dizemos “bom dia” em Kággaba, idioma dos koguis, grupo étnico que vive nas montanhas da Serra Nevada de Santa Marta, Colômbia. Eles acreditam que antes que a mãe do mundo, o mar, aparecesse só havia escuridão. Precisam conhecer o verdadeiro Deus e, para isso, chegou até eles o PEPE.

Fomos impactados com uma foto onde todas as crianças estavam descalças, porque os poucos recursos que os pais conseguem é somente para alimentação. Estamos nos movendo para conseguir sapatos e alimentos para as crianças e, através de uma parceria, conseguimos doações de arroz vitaminado que já está chegando até elas.

Os Koguis passam por muitas dificuldades sociais e entre elas está a falta de educação para as crianças. Ali não existem estabelecimentos de ensino e eles vivem distantes das principais cidades da região. Com isso, as crianças só podem estudar a partir dos 12 anos. Mas, para a glória de Deus, essa realidade está mudando.

Iniciamos ali uma unidade do PEPE com 40 crianças que estão sendo ensinadas dentro da sua própria língua e cultura, já que o missionário-educador é da comunidade. Uma curiosidade é que os Koguis sempre se vestem com roupas brancas, pois vestir-se de outra forma seria considerado traição à cultura.

Entre as mais de 100 comunidades indígenas presentes na Colômbia, já estamos em duas: wiwas e koguis. Agora sonhamos em chegar até as crianças arahuacas. Conto com as suas orações para que esse sonho se realize.

Adalci de Ávila
Coordenadora nacional do PEPE Colômbia

Carmen Lígia– edição de texto