No último 26 de março, 25 pessoas morreram e outras 3,2 mil foram retiradas de suas casas à causa da erupção do vulcão Fuego, na Guatemala. Cinzas e rochas foram lançadas a 4,5 mil metros acima do nível do mar. A fumaça pesada e o fluxo de pedras que desceram pelos flancos do vulcão atingiram casas e estradas. Nenhum dos nossos PEPE’s foram atingidos com as larvas, mas as cinzas estão comprometendo o aparelho respiratório das crianças.

O vulcão Fuego ainda continua tendo 11 erupções a cada hora. Na Guatemala, existem 31 vulcões ativos. O Fuego é o mais ativo da América Central e um dos mais ativos do Mundo. A sua erupção agravou a situação dos hospitais na região, que já estavam colapsando pelo forte avanço da Covid-19. O país sofre com toda esta situação e muitas famílias choram seus mortos.

Com tudo isso, os PEPE’s estão funcionando virtualmente. No início da semana, cada criança recebe os deveres de casa juntamente com uma sacola de alimentos e, no final de semana, elas entregam seus trabalhos para serem corrigidos. Somente uma unidade está funcionando presencialmente, pois conseguiram tudo o que é necessário para seguir o protocolo de biossegurança contra a Covid-19.

Na cidade de Quetzal, as crianças do PEPE têm recebido alimento diário através da Convenção Batista de Guatemala. Louvamos a Deus por isso! Mas te convidamos a orar para que as outras 100 crianças dos PEPE’s nas comunidades indígenas também recebam ajuda. Ore para que consigamos realizar parcerias com empresas para alimentar nossas crianças. Ore também para que Deus nos dê uma impressora para facilitar o preparo dos materiais didáticos.

Nora Mendoza
Coordenadora do PEPE Guatemala

Carmen Lígia – edição de texto