Terminamos 2020 realizando a formatura de muitas de nossas crianças dos PEPE’s, que este ano já ingressam no primeiro ano escolar.

Louvamos a Deus por cada vitória alcançada, pois mesmo em meio a toda a crise causada pela pandemia os nossos missionários-educadores com muita valentia e cheios de poder, amor e equilíbrio, como podemos ler em 2 Timóteo 1:7, transpuseram as barreiras e continuaram com as atividades seja de maneira virtual ou mesmo indo até a casa das crianças. A equipe do PEPE Paraguai continuou firme e o PEPE não parou!

Justamente quando nascia o PEPE da cidade Capitan Bado que fica a 450 km de Assunção, capital Paraguaia, a pandemia se instaurou e tudo foi fechado. Então, a diretora do PEPE muito desanimada me disse que em consenso com a igreja haviam decidido fechar o PEPE.

Quando perguntei o motivo pelo qual haviam tomado tal decisão, ela me disse que muitas crianças haviam saído do PEPE por causa da pandemia e já não havia crianças suficientes para continuar com as portas abertas. Perguntei quantas crianças ainda estavam frequentando o programa e ela me disse que restavam somente 12 crianças. Então, eu lhe disse que não se detivesse por causa das perdas, afinal, o 12 é o número perfeito; são 12 pequenas vidas que precisam ser amadas, cuidadas e ensinadas. Continuamos com o PEPE e em dezembro de 2020 realizamos a formatura dessas 12 crianças. Além disso, Deus nos deu mais um presente para honrar a fidelidade daqueles irmãos que foi o Ministério de Educação ter aprovado o funcionamento do PEPE naquela igreja. Este ano eles já estão com 25 crianças inscritas para o PEPE.

Entramos 2021 realizando inscrições em cada uma das 56 unidades que temos no país para, com a permissão do Senhor, reiniciar as atividades no mês de março. Orem pelo PEPE no Paraguai para que possamos continuar levando o poder transformador de Deus a muitas crianças e suas famílias em todo o país.

Javier Galarza
Coordenador nacional do PEPE PARAGUAI

Carmen Lígia (edição de texto) – coordenadora continental PEPE AMÉRICAS