O PEPE chegou na linda ilha caribenha chamada Republica Dominicana em 2005. Desde o começo, a querida irmã Juana de Mora esteve na coordenação nacional. Seu amor e dedicação às crianças e a equipe do Programa é o exemplo claro do amor de Deus que reina em sua vida. Essa semana ela viveu algo que encheu o nosso coração de alegria.

Ao chegar ao supermercado, ela foi abordada por um jovem que, como parte do sistema de segurança implementado na pandemia, estava tomando a temperatura e entregando um pouco de álcool em gel a todos os que entravam no estabelecimento. Mas qual foi a surpresa que ela teve? O jovem que a abordou era Juan!

Juan foi uma das primeiras crianças a participar do PEPE na República Dominicana. Ambos ficaram tão emocionados com o reencontro, que acabaram se esquecendo do coronavírus e se abraçaram. Juan, então, contou à irmã Juana de Mora que continua nos caminhos do Senhor, sendo, hoje, líder em uma igreja pentecostal.

O PEPE foi um grande apoio para Juan, pois quando ele era pequeno o seu pai o maltratava muito. Durante os dois anos em que esteve no programa, ele recebeu cuidados tanto da igreja quanto das missionarias-educadoras. Também, através das visitas do PEPE-VAI, toda a sua família pode ser ajudada.

O PEPE é um programa que vale a pena, porque nos permite levar esperança ao coração das crianças. Nós plantamos a semente do evangelho em seus corações e, no tempo certo, Deus dá o crescimento. Poder colher frutos como o Juan é uma alegria enorme para nós.

Gladys de Ortiz
Coordenadora regional PEPE América Central, Norte e Caribe