Meu nome é Adalci Ávila Ângulo e trabalho há 5 anos como Coordenadora Nacional do PEPE no meu país, Colômbia. Temos no país quase 1900 crianças estudando em 80 unidades do PEPE.

Em fevereiro deste ano conseguimos começar o PEPE entre os Wiwa, um dos mais de 50 grupos indígenas do nosso país. Os Wiwa vivem na zona rural em uma região muito distante de qualquer cidade. Eles têm uma população de 13.267 pessoas, sendo a maioria deste contingente crianças e jovens, onde 79% têm menos de 30 anos e somente 2% estão acima de 60 anos. Sua principal fonte de sustento vem do artesanato que é vendido aos turistas.

As crianças Wiwa precisavam de um PEPE e foi com alegria que iniciamos os trabalhos ali. A unidade começou com 90 crianças e já estamos treinando um coordenador de área que também é Wiwa.

Com a chegada da pandemia, das restrições impostas pelas autoridades e a necessidade de isolamento social eles perderam sua fonte de renda. As crianças ficaram ainda mais vulneráveis pela falta de alimentação básica. Ao ver as crianças passando fome começamos a suplicar a Deus por elas.

Naquela mesma semana, a Junta de Missões Mundiais realizou a Jornada de Oração pelas famílias do mundo onde foi compartilhada a necessidade das crianças do PEPE Wiwa.

Pouco depois, soube através da nossa liderança do PEPE internacional que a irmã Fernanda, apoiadora do PEPE há alguns anos, havia feito contato e explicou que sua filha Valentina iria completar um ano de idade e que juntamente com seu esposo pensaram em destinar os valores dos presentes da Valentina às crianças do PEPE da comunidade Wiwa, pelas quais estávamos orando por provisão de alimentos. Fernanda e Thiago, os pais da Valentina, fizeram muitos contatos e começaram a levantar os recursos necessários para o envio de cestas básicas para as famílias das crianças.

Pensamos: - “São 90 crianças, 90 famílias, será que vão conseguir recursos para 90 cestas básicas?” - Não imaginávamos o que o Senhor já tinha preparado. Ao final de quase três semanas, familiares e amigos enviaram presentes em dinheiro a Valentina e tudo foi destinado às crianças Wiwa. Foi emocionante comprar os alimentos e fazer as cestas básicas, vendo o nosso Deus multiplicar os recursos. Conseguimos comprar os alimentos e preparar as 90 cestas básicas para as 90 famílias!

- “E agora, como fazer as entregas nesse tempo de pandemia e isolamento social?”- Mobilizamos muitos voluntários e até mesmo a polícia nos auxiliou abrindo caminhos.

-Que maravilha! Deus é bom! Com este gesto as comunidades reconheceram o amor de Deus por meio desta doação generosa.

Há fome na terra, mas também há esperança. Jesus disse: “Dai-lhes vós de comer”! Obedecemos e Ele operou um grande milagre multiplicando os recursos. Estou muito feliz e grata a Deus porque uma vez mais Ele nos deu a oportunidade de transformar o mundo das crianças Wiwa com a alegria de Jesus!

Adalci Ávila Ângulo
Coordenadora Nacional do PEPE Colômbia