Celebramos no dia 15 de maio a alegria de inaugurar uma nova unidade em El Salvador, completando assim vinte unidades em pleno funcionamento em nosso país. Agora chegamos a um total de 396 crianças tendo novas oportunidades para um amanhã melhor, não apenas estudando, mas também sendo amadas e respeitadas, recebendo um cuidado integral no PEPE.

El Salvador já tem vinte unidadesQuero compartilhar com vocês a história de transformação de vida de uma das nossas crianças. O pequeno Johnny é um aluno do nosso PEPE. Ele tem 6 anos de idade e vive com seus pais e irmãs. Quando começou a frequentar o PEPE era uma criança violenta e muito agressiva, inclusive, fazendo uso de muitos palavrões. Enfim, seu comportamento não era nada adequado. A missionária educadora notou que havia algo em Johnny que fazia com que ele se comportasse dessa maneira e começou a lhe dar mais atenção e cuidado, separando diariamente um tempo para se sentar e conversar com ele. O fato era que seus pais e irmãs não eram cristãos e muitas vezes tinham sérios problemas dentro de casa. Como consequência da falta de estabilidade dentro de sua própria casa o menino começou a apresentar aquele mau comportamento. A nossa missionária educadora começou a tratá-lo mais profundamente, convidando-o para ir a igreja, conversando com ele sobre sua família e o ambiente de seu lar. Foi assim que, com o passar do tempo, nosso pequeno pepito começou a sentir a confiança que a missionária lhe oferecia e pouco a pouco seu comportamento começou a mudar não só com a missionária educadora, sua professora, mas também com seus colegas. Ele começou a chegar mais feliz ao PEPE, a prestar a devida atenção a tudo o que era ensinado, a trabalhar com excelência nas atividades individuais e de repente para surpresa de todos, se ofereceu para ajudar a distribuir o lanche para as outras crianças, algo que nunca tinha concordado em fazer anteriormente.

Agora Johnny é uma criança diferente e a missionária educadora está trabalhando com ele para que ele possa receber a Jesus como seu Senhor e Salvador. Com muita oração, fé e especialmente amor, esperamos que esta seja uma criança a mais resgatada do risco social e que cause impacto em sua família e comunidade.

Observação: mudamos em nome da criança para proteger sua identidade.

Gladys Ortiz
Coordenadora Nacional do PEPE em El Salvador