A horta comunitária como programa educacional desempenha um papel importante na sociedade salvadorenha. Ao promovê-la através do Programa PEPE pretendemos fortalecer o desenvolvimento dessa área, tão importante para a sustentabilidade e o progresso de uma nação, na comunidade. No entanto, essa não foi nossa intenção desde sempre, já que o episódio da abertura da horta comunitária ocorreu no contexto do cumprimento do currículo do PEPE. Tudo começou porque precisávamos organizar uma aula sobre a natureza, a criação e o cuidado de Deus para conosco. Por causa disso, a ciência da agricultura e a narrativa bíblica da criação foram unidas em um projeto, que esperamos possa revolucionar a vida da comunidade.

A metodologia veio através da experiência. A Missionária Educadora levou as crianças ao pátio para um primeiro momento de observação da natureza. Na aula seguinte refletiram sobre a possibilidade de obter as sementes, a área a ser plantada e os utensílios que seriam necessários para o plantio. Em cada etapa fez-se questão da participação das crianças em todo o processo. O projeto acontece em parceria com a fundação "Sementes de Nova Criação”, através da qual foi possível obter as sementes, tecido de arame, fertilizante orgânico e os demais itens necessários para a construção da horta. As crianças acompanhavam a cada dia o crescimento das plantas e cuidavam com alegria de nossa pequena horta. Logo chegou o grande dia quando foi possível colher os primeiros frutos: lindos e deliciosos pepinos. Todos comeram os pepinos com muita alegria! Desde então, a nossa horta continua crescendo porque depois dos pepinos vieram os tomates que foram plantados e acompanhados com o mesmo entusiasmo até a etapa da utilização dos mesmos em nossa alimentação e nossas crianças, outra vez, fizeram parte de todo o processo.

O impacto tem sido grande porque as crianças não apenas aprenderam a cuidar da natureza, mas também aprenderam a valorizar o que comem porque agora elas sabem quanto trabalho e dedicação custa para que possamos obter e usufruir do fruto. Acreditamos que a melhor maneira de ensiná-los é fazer com que eles possam viver a experiência.

Dentre nosso grupo de crianças e pais nem todos têm paixão pela natureza, entretanto, boa parte dos pais se envolveu com alegria acompanhando os seus filhos no projeto. Assim, com eles o trabalho continuou e houve progresso na plantação de pimentão verde e tomate. Agora, não apenas as crianças, mas também seus pais têm participado com grande alegria.

Hoje temos o projeto "Horta Comunitária" em três unidades do PEPE em nosso país. Estamos aprendendo e procurando novas técnicas para melhorar a horta porque queremos ajudar a levar o alimento para as mesas das nossas crianças e de suas famílias. O nosso governo tem extensos programas de apoio. Portanto, consideramos que o programa da horta é um valor agregado para as unidades do PEPE, já que tem dado visibilidade e credibilidade diante do governo; além de ser um auxílio para continuarmos levando o alimento espiritual e material a todos os que pudermos alcançar.