Um ano de bênçãos e muito trabalho na Colômbia
Carmem Lígia - 15 February 2013

A Colômbia é o segundo país mais populoso da América do Sul, atrás apenas do Brasil. É semelhantemente muito diverso em termos de etnias. A interação entre os descendentes indígenas, os europeus e africanos, trazidos no século XX, produzem um rico patrimônio cultural em território colombiano. Neste contexto, desde 2006, encontra-se o PEPE iniciado pela missionária de Missões Mundiais Carmem Lígia.

Como em muitos outros contextos, o trabalho com crianças na Colômbia não é fácil. Começou pouco a pouco, mas hoje são 18 unidades de PEPEs funcionando com o auxílio de três coordenadoras, 18 missionários facilitadores e 79 voluntários, abençoando 348 crianças de 338 famílias. Para a missionária Carmem Lígia, o ano de 2012 foi frutífero e abençoado. Algumas crianças receberam alimentação completa o ano todo através das doações do “Bem Estar Familiar”, um órgão do governo colombiano que apoia os trabalhos com crianças. Conheça em: http://www.icbf.gov.co/portal/page/portal/PortalICBF

Para a honra e glória de Deus, 12 famílias e 48 crianças conheceram e aceitaram Jesus em seus corações.

Porém não temos apenas boas notícias, as dificuldades continuam, e são muitas. Por exemplo, há um grande risco de fechamento de três unidades neste ano por vários fatores. Unidades que ficam em lugares de difícil acesso tem ainda mais empecilhos de serem visitadas pela missionária Carmem Lígia. Contudo, há um grande desejo de superar as dificuldades encontradas pelos coordenadores e missionários-educadores. No final do ano passado todas as crianças que se formaram receberam presentes, inclusive suas educadoras. Os certificados dessas crianças são enviados a nível nacional.

Participamos de algumas cerimônias de formaturas de nossas crianças. Em cada uma delas fomos impactados com os testemunhos das crianças e de seus pais. Em uma das unidades ouvimos a missionária-educadora compartilhar a forma como as crianças se uniram no decorrer do ano, e passaram a compartilhar seus pertences. Elas começaram o ano chorando e brigando umas com as outras, mas agora estão bem diferentes. Comportamentos como esses são frutos do mover de Deus na vida dessas crianças. Quanto aos pais, muitos aproveitaram a ocasião para também dar uma palavra. Ouvimos muitos falarem das mudanças de comportamento que vêm ocorrendo em seus filhos, o que cremos ser a mão de Deus na vida deles. Ainda falaram da alegria de verem seus filhos conhecendo mais que algumas letras, mas o Deus real. Os pais homenagearam as missionárias-educadoras, o que nos causou muita emoção. Nessa festa, recebemos o comprometimento de muitas mães na cooperação para que as crianças sejam melhor atendidas no PEPE.

Deus realmente fez maravilhas neste ano! Para finalizar, foi emocionante ver cada homenagem dirigida às educadoras pelos pais, como esta que muito nos emocionou: “Professora, hoje sei que Deus nos ama, pois este ano vimos como Ele nos ajudou através de sua vida. Hoje meu filho é mais que um doutor do ABC, é alguém que é educado, tem princípios saudáveis para viver a vida.” Para a missionária e coordenadora Carmem Lígia, o que ele aprendeu aqui vai fazer dele um homem diferente.

Uma ótima expectativa é a produção de novos contatos da irmã Carmem Lígia na Assembleia da DBC, em janeiro de 2013, para a possível implantação de novos PEPEs na Colômbia.

Assim o trabalho do PEPE com as crianças colombianas continua entre alegrias, boas notícias e dificuldades. Deus está sendo louvado e engrandecido através do testemunho da igreja que tem abençoado muitas crianças e famílias.

Que 2013 seja tão abençoador quanto foi 2012.

Texto produzido a partir do relatório trimestral (2012) da coordenadora Carmem Lígia