Primeiros passos do PEPE em Botsuana
Geoésley Mendes - 04 October 2012

Botsuana é um país localizado no sul do continente africano. O casal missionário Pr. Alceir e Cenilza Ferreira já trabalha ali há bastante tempo com plantação de igrejas. Os dois oram há muito tempo pela possível apresentação do PEPE no país, o que de fato aconteceu apenas este ano.

Em 2010, o coordenador para a África, Pr. Marcos Peres, fez uma visita a Botsuana. Por meio dessa ida ao país e do Pr. Alceir, foi possível começar os primeiros contatos e apresentar o PEPE à liderança batista de Botsuana.

“Aparentemente tudo caminhava bem no entendimento e aceitação do PEPE para abençoar famílias betchuanas, até que o presidente da Convenção do país desistiu da ideia”, conta a coordenadora do PEPE para a África Austral, missionária Lucia Martiniano.

Somente este ano aconteceu oficialmente a apresentação do PEPE em Botsuana, quando a missionária Lucia visitou o país. Esta ocasião contou com a presença do Pr. Fabiano Araújo (missionário em Botsuana) do Pr. Joel Martiniano (missionário na África do Sul e marido de Lucia).

Ao chegarem a Botsuana, o Pr. Joel pregou na Igreja Batista de Palapye, localizada em uma das principais cidades do país, e após a pregação, o PEPE foi apresentado à igreja. No dia seguinte, conversaram e explicaram bem o funcionamento do programa socioeducativo para a missionária Cenilza, esposa do Pr. Alceir.

No dia seguinte, o grupo (pastores Joel, Alceir e Fabiano, e a missionária Lucia) prosseguiu viagem rumo a Gaborone, a capital. Ali se reuniu com o atual presidente da Convenção Batista de Botsuana, Pr. Kabika, para passar a visão, a missão e os resultados que o PEPE tem mostrado em muitos contextos no mundo.

Pr. Kabika demonstrou muito interesse e afirmou que os outros líderes das igrejas também devem conhecer o PEPE. Ele pediu que os missionários brasileiros em Botsuana apresentem o programa socioeducativo durante a Assembleia da Convenção. Ainda pediu para que a coordenadora Lucia retorne ao país para uma apresentação detalhada do PEPE para os pastores e líderes das igrejas.

A coordenadora Lucia afirma que este é um tempo de espera, planejamento e muita oração para que o PEPE seja amplamente utilizado pelas igrejas em Botsuana. Este foi apenas o primeiro passo.

“Cremos no Senhor que com a chegada dos missionários Patrícia e Fabiano Araújo, a primeira de muitas unidades do PEPE pode ser iniciada em Franscistown, cidade onde os missionários poderão morar e que também servirá de observação para os missionários-educadores que acompanharão a semana de capacitação para implantação do PEPE no país”, explica Lucia Martiniano.

A equipe do PEPE Internacional em todo o mundo conta com suas orações para que a implantação do programa socioeducativo neste novo campo se torne em breve uma realidade, e muitas crianças comecem ter mais oportunidades de desenvolvimentos social, cognitivo e espiritual.