El Salvador clama por cuidado integral
Pr.Carlos e Lidia Klava da Silva - 17 July 2012

El Salvador é um país sedento e desejoso de conhecer o Deus verdadeiro. O país está situado na América Central, é bastante arborizado repleto de pessoas amáveis e prestativas que clamam por salvação.

A população salvadorenha é de aproximadamente 7 milhões de pessoas divididas em três grandes grupos étnicos. Os mestiços, cuja descendência é produto de uma mescla indígena e europeia, representam 91%. Os habitantes de ascendência europeia representam aproximadamente 6% da população. E o restante representa 3%.

A pobreza é um fenômeno histórico e global, profundamente arraigado nas sociedades do mundo inteiro, e em El Salvador não é diferente. Suas causas estão na estrutura da sociedade, manifestadas nos ciclos de crises econômica e social. Também é reflexo dos problemas na superestrutura, produtos da desigualdade, injustiça social, corrupção, impunidade, entre outros motivos. Isso quer dizer que não basta se referir ao aspecto material para ser pobre. Existem outros fatores ideológicos culturais que não permitem o desenvolvimento individual e familiar. Observam-se ainda altos índices de exclusão socioeconômica.

“Em El Salvador, há vários problemas sociais, especialmente voltados às crianças. A situação se complica porque muitas pessoas residem em áreas urbanas de grandes cidades, incluindo a capital. A aglomeração de pessoas se dá principalmente porque famílias inteiras se deslocam das zonas rurais para os centros urbanos em busca de melhor qualidade de vida. Com isso, formam ‘bolsões’ de pobreza urbana, identificados claramente nos assentamentos irregulares próximos à luxuosas zonas residenciais”. (Secretaria Técnica da Presidência de El Salvador).

Esse problema social faz também com que centenas de jovens recém formados não encontrem emprego e optem por emigrar para o exterior buscando melhores condições de vida. O governo tem implantado políticas públicas, o que permite amenizar a pobreza em alguns setores, mas são políticas em longo prazo. Com isso, quem mais sofre são as crianças de famílias excluídas, pois o governo não tem gerado suficientes fontes de trabalho formais para contemplar esta parte da população de El Salvador.

Neste quadro social se encontram as comunidades cristãs que buscam, de maneira eficaz, suprir necessidades humanas e espirituais, criar estratégias e recursos para que a Igreja de Jesus Cristo realmente possa cumprir a ordem de ir e fazer discípulos de maneira que sejam conciliados o Evangelho pregado e Evangelho praticado para atender o ser humano de maneira integral. Em El Salvador, temos 4.427 batistas, 60 igrejas e 95 congregações, a maioria grupos bem pequenos. Uma grande porcentagem de pastores tem outros trabalhos além do ministério pastoral para poder sustentar financeiramente suas famílias, pois a igreja parece não ter como suprir todas as necessidades deles. O PEPE (programa socioeducativo) é oferecido a estas comunidades cristãs salvadorenhas, a fim de que façam diferença nas comunidades aos seus arredores.

Estivemos em El Salvador e preparamos algumas equipes das igrejas interessadas em usar o PEPE como ferramenta para abençoar as comunidades onde estão inseridas. As igrejas estão felizes em poder oferecer um serviço de amor e cuidado a suas comunidades, e a comunidade, igualmente, está feliz em ver as igrejas interessadas no desenvolvimento integral de suas famílias. É por aí que a igreja de Jesus Cristo deve fazer toda a diferença!

O PEPE está sendo iniciado em El Salvador com o objetivo de que as igrejas possam dispor de uma ferramenta eficaz para abençoar crianças e suas famílias. Os desafios são muitos, e na maioria das vezes nos sentimos limitados diante de tantas carências. Acreditamos no Senhor e sabemos que Ele tudo pode fazer. Por isso, juntamente conosco, ore pelos pedidos seguintes:

  • Ajuda às igrejas em suas infraestruturas;
  • Sustento do Pr. Rolando Rivas, divulgador do PEPE em El Salvador;
  • Sustento de um coordenador que prepare os missionários-educadores e monitore o PEPE;
  • Aquisição de materiais básicos para as crianças e para os missionários educadores do PEPE.

Pr. Carlos Silva e sua esposa, Lídia Klava
Missionários da JMM no Paraguai
(Missionária Lídia é coordenadora regional do PEPE para a América Latina)