Brasil e Haiti - Primeiros passos de novos PEPEs
Geoésley Mendes - 16 January 2012

Em 2010, a missionária haitiana Alexandra Joseph, após conhecer o trabalho desenvolvido pelo Programa de Educação Pré-Escolar - PEPE, através da Junta de Missões Mundiais, em vários países, veio ao Rio de Janeiro acompanhar a semana de capacitação para implantação do Programa, organizada e dirigida pela coordenadora internacional do PEPE, missionária Terezinha Candieiro, aos missionários da JMM em preparação para o campo missionário.

Alexandra acompanhou a semana de capacitação que lhe foi interpretada para o francês. Percebendo que o Programa também seria de fácil aceitação em contexto haitiano e que poderia ser igualmente uma ótima ferramenta para o desenvolvimento integral de crianças haitianas, Alexandra retornou ao seu país, assumindo a função de coordenadora nacional do PEPE, para encorajar as igrejas batistas na implantação do Programa, tendo-o como um instrumento missionário, através do qual as igrejas têm oportunidade de demonstrar em ação o amor pelas crianças de 4 a 6 anos de idade a partir do atendimento sócio-educacional, também pelas suas famílias e comunidades, além de demonstrar o poder do evangelho.

Regressando ao Haiti, o trabalho de visita às igrejas para a apresentação geral do funcionamento do PEPE foi realizado pelo casal missionário Pr. Jonathan e Alexandra Joseph, resultando no apoio de muitas delas que enviaram alguns de seus membros para a semana de capacitação realizada em Porto Príncipe - Haiti - entre os dias 12 e 16 de dezembro de 2011. Ao todo, foram 15 educadores participantes da semana de capacitação, entre eles dois homens e 13 mulheres. Para apoiar a missionária Alexandra Joseph na semana de capacitação dos educadores do PEPE no Haiti a Junta de Missões Mundiais enviou como um dos facilitadores, Geoésley Mendes.

Um dos discursos que o facilitador Geoésley ouviu de alguns participantes, e que lhe chamou muito à atenção logo no seu primeiro contato com os educadores, foi: "Nosso lema é: Por um novo Haiti! E para fazermos uma nova nação queremos dar oportunidade às crianças!". Esse discurso encorajou bastante este facilitador, e o reforço deste encorajamento durante a semana veio seguido do empenho de vários educadores que não dominavam a língua francesa em acompanhar atentamente todas as informações do Programa, sua filosofia de trabalho, seu programa de implantação, seu regulamento etc., e todo o conhecimento compartilhado entre os educadores, somado da intensa participação de todos nas diversas atividades. As aulas tiveram início diário às 8h30min e término às 16h30min com 1h e 30min para almoço.

Dentre os objetivos do trabalho de capacitação dos educadores no Haiti estava que ao fim do curso os educadores fossem capazes de explicar a importância do Programa PEPE e seus objetivos, sua visão, missão, e o impacto que ele pode causar nas crianças, suas famílias e suas comunidades. Os facilitadores constataram o bom aproveitamento dos educadores na semana de capacitação mediante o alcance dos objetivos propostos vistos nas apresentações dos grupos realizadas no dia do encerramento. O programa do último dia de capacitação foi preparado para os grupos falarem do PEPE como se fosse às suas igrejas, e também para a exposição de uma aula prática às crianças da Educação Infantil. Ainda, no último dia da semana de capacitação, os facilitadores e os educadores avaliaram a semana e o Programa destacando a importância do PEPE para as igrejas, as crianças, as famílias e as comunidades haitianas como uma ferramenta eficiente - comprovadamente - para o desenvolvimento integral das crianças. Para a coordenadora nacional, Alexandra, o desafio maior a ser vencido nos PEPEs do Haiti será o apoio financeiro aos educadores. O fim da quinta jornada e da semana de capacitação foi comemorado com um belo bolo e a entrega dos certificados do curso de 40 horas aos participantes.

A conclusão deste relato se faz mais importante com a ênfase de que esta semana de capacitação dos educadores do PEPE no Haiti faz parte do processo de estabelecimento do Programa no país. Outras etapas serão perseguidas pela coordenadora nacional, missionária Alexandra Joseph e os educadores haitianos, tendo o apoio da equipe do PEPE através da Junta de Missões Mundiais. Duas unidades de PEPEs iniciarão seus trabalhos no dia 16 de janeiro de 2012.

Geoésley Mendes - Missionário Mobilizador do PEPE
Junta de Missões Mundiais (JMM)

geoesley.mendes@jmm.org.br
pepe.internacional@jmm.org.br