O Senhor Encrenca
Lidia Klava da Silva - 30 November 2010

Estamos terminando o ano e quero compartilhar mais uma historia das muitas dos nossos “ “Pepitos”:

Alfredo, 5 aninhos, um físico frágil, olhos triguenhos e desconfiados e inquietos, tez morena... Sempre buscando encrenca!!

No primeiro dia de aula bateu em dois coleguinhas, puxou os cabelos da companheira, arrancou o rabicó da outra, subiu sobre a mesa um grande “encrenqueiro’”!
-“Socorro, que é isso?” diz a missionária Educadora apavorada.
- “Senta aí garoto-“diz com autoridade.
“-Você não manda em mim”diz Alfredo com as mãos na cintura e olhar desafiador.
-“Senta aí meu amorzinho” diz ela mudando de tática.
Alfredo se aproxima bem enche a boca de saliva e lança uma grande cusparada no rosto da professora e fica esperando a reação.
-“Da-me paciência Senhor ” diz a missionária Educadora secando o rosto com as costas da mão.
No dia seguinte lá vem Alfredo usando a mochila como se fosse um bumerangue na cabeça dos companheiros de classe.
_”Profe,profe Alfredo me bateu “ diz chorosa uma das meninas .
-“Ele disse que vai me matar” diz outra criança assustada.
A missionária Educadora se aproxima e senta ao lado de Alfredo olha nos seus olhos e diz:
-“Que está acontecendo aqui? Porque você se comporta assim? “
Alfredo tira um lápis da cintura (o lápis está pela metade e com a ponta toda roída ) se aproxima da Missionária Educadora coloca o lápis no pescoço dela e empurra com força e diz:
-“vou te matar, vou fazer picadinho de você, vou te esfolar”...

Começamos a trabalhar com “ nosso Encrenqueiro”
Tentando amá-lo como o senhor faria( Tarefa não fácil)
Descobrimos que ele tem 3 irmãos menores, um de cada pai diferente.
O padrasto não tem trabalho faz parte de uma gangue grandemente temida no bairro e sempre tem uma arma na cintura.
Quando está bêbado, (o que é freqüente)maltrata a mãe e as crianças coloca a faca no pescoço do Alfredo e da mãe e diz:
-”Eu vou te matar”

SE passaram sete meses, hoje Alfredo tem um novo linguajar, é apreciado pelos coleguinhas,seu olhar mudou...
Aprendeu a ser amado, a pedir perdão, aprendeu a ser criança criança!!!.
Sua historia preferida é a de Daniel e como Deus o cuidou na cova com os leões
-“Assim como Deus cuidou do Daniel na cova dos leões ele me cuida a mim também porque me ama” diz ele confiante!
Muitas vezes se aproxima da Missionária Educadora passa os braços no pescoço dela com carinho e pergunta:
-“Você me ama de verdade? Sempre vai me amar?”

Deus está escrevendo uma historia nova na vida do “nosso encrenqueiro” uma vida de inclusão,de sentirse aceito ,de sentir se amado Sua pequena vida foi restaurada, e as feridas estão sendo curadas com o amor de Deus. Alfredo além de vir ao PEPE durante a semana também é aluno da EBD,nunca falta a classe.

Obrigada por ser parte deste ministério grandioso de alcançar as crianças e suas famílias para Cristo!!

Um abraço dos seus missionários no Paraguay