Convênio com a Direção de Educação de Ayacucho - PERU
18 July 2008

O Primeiro PEPE no Peru foi instalado em Ayacucho em Setembro de 2002. Desde esta época começamos a fazer o processo para legalizar o projeto junto à secretaria de Educação Regional, mesmo sem a regularização dos documentos, o projeto continuou a se expandir por todo o país, e chegamos a 32 PEPEs com mais de 500 crianças atendidas.

O que mais nos impressionou é que uma coisa aparentemente fácil foi se tornando muito complicada. Eu apresentei os documentos necessários e quando fui buscar o resultado, os documentos simplesmente haviam desaparecido. Ninguém sabia onde estavam, voltei a dar início a um novo processo por pelo menos três vezes mais. Acabei aprendendo uma palavra nova em espanhol: TRASPAPELADO. Era isso que escutava a cada intento de fazer a documentação. Isso significa que os papéis se perderam. Isso dentro de uma instituição de menos de 400m2.

Confesso que a cada tentativa de dar andamento na documentação me desanimava e cheguei a pensar em desistir e deixar o projeto na informalidade. Mas como a palavra de Deus nos diz: “Todas as coisas cooperam para o bem dos que amam a Deus”, e foi um tempo onde fui aprendendo a esperar, a perder, a ter paciência e a perseverar e isto significava ir todos os dias à Direção Regional de Ayacucho ou ligar pra lá.

Quando já estava perdendo as esperanças, meu esposo me animou a falar diretamente com o diretor de Educação. Até então eu estava indo pelas “vias normais”, dando entrada em mesa de partes e tentando seguir o percurso da documentação, coisa típica da burocracia. Conseguimos uma entrevista com o diretor, e pra glória de Deus ele foi muito receptivo conosco. Prometeu todo o apoio e disse que poderíamos reapresentar os documentos (porque de novo haviam sido “traspapelados”). Com toda a paciência que o Senhor nos estava ensinando começamos tudo de novo e no final de janeiro deste ano assinamos um CONVENIO DE COOPERAÇAO INSTITUCIONAL ENTRE A DIREÇAO DE EDUCAÇAO DE AYACUCHO E O PEPE. Desde aí começou então o processo para que recebêssemos uma Resolução que poderia sair em uma semana, pela graça do Senhor no dia 11 de junho de 2008 recebemos este documento o que dá ao PEPE o respaldo da Direção de Educação e nos facilita receber documentos técnicos pedagógicos e oficializa o seu funcionamento.

Estou muito agradecida ao Senhor pela liberação destes documentos. Agradeço a Deus a vida e incentivo de meu esposo que me animou quando eu quis desistir. Agradeço também a Deus pelas pessoas que estão orando pelo Projeto PEPE. Muitos nem sabem os detalhes e as lutas de cada lugar, mas as orações estão chegando ao trono da graça e podemos assim obter a vitória. Ao Nosso Deus que pode fazer muito mais além do que pedimos ou pensamos seja a Glória pelos séculos dos séculos.

Lucia A. do Nascimento Martiniano

Missionária da JMM

Coordenadora Regional do PEPE em Ayacucho – Peru